Max Lucado: A preocupação é fútil




A preocupação é fútil

por Max Lucado
“Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?” Mateus 6:27
Ninguém precisa lembrá-lo do alto custo da ansiedade. (Mas eu vou lembrá-lo assim mesmo). A preocupação divide a mente. A palavra bíblica para preocupação (merimnao) é uma combinação de duas palavras gregas, merizo (“dividir”) e nous (“a mente”). A ansiedade divide nossa energia entre as prioridades de hoje e os problemas de amanhã. Parte de nossa mente está no agora; o resto está no ainda não. O resultado é uma vida com uma mente dividida.
Esse não é o único resultado. A preocupação não é uma doença, mas causa doenças. Ela tem sido relacionada à alta pressão sanguínea, problemas de coração, cegueira, enxaquecas, mau funcionamento da tireóide, e inúmeras doenças de estômago.
A ansiedade é um hábito caro. Claro, ela valeria a pena se funcionasse. Mas não funciona. Nossas preocupações são fúteis. A preocupação nunca clareou um dia, resolveu um problema, ou curou uma doença.

Nenhum comentário: